Buscar Fornecedor:

Fórum da Mulher Empresária é marcado por homenagens e palestra sobre empreendedorismo e liderança

Mais de 300 empreendedores, entre mulheres e homens, prestigiaram na tarde de ontem (10/10), da décima sexta edição do Fórum da Mulher Empresária, organizado pela Associação Comercial do Maranhão (ACM), por meio do Conselho da Mulher Empresária (CME).

Com o tema “Mulheres que fazem acontecer”, o fórum foi marcado por homenagens e lições de empreendedorismo e liderança, consolidando-se como espaço de intercâmbio de experiências, networking e de fortalecimento e valorização da mulher empreendedora, sob forte clima de emoção e congraçamento.

Em sua fala, a presidente do CME, Magnólia Rolim, destacou os avanços da mulher no campo empreendedor e a atuação do Conselho como instrumento de alavancagem de uma participação mais expressiva da mulher nas entidades de classe.
Conforme ela, “o CME, criado em 2003, é um empreendimento vitorioso do ponto de vista de seus objetivos, idealizado por mulheres que realmente fazem acontecer”, acrescentando que, embora a luta feminina ao longo dos tempos tenha gerado avanços, “é preciso entender que ela agora mudou de rumo; mais do que nunca é pelo direito a ter e fazer escolhas, pelo direito de ter direitos e, fundamentalmente, por respeito e igualdade”, completou.

Acompanhado de duas meninas da Campanha Plan Internacional, Meninas Ocupam, uma delas simbolicamente ocupante do cargo de Presidente da ACM por um dia, o presidente Felipe Mussalém reconheceu a importância do Fórum, destacando o trabalho empreendido pela empresária Magnólia Rolim e de suas antecessoras no fortalecimento do movimento feminino na ACM.

“Não por acaso, fruto desse trabalho, tivemos a primeira mulher eleita presidente da entidade – a empresária Luzia Rezende – e temos as mulheres hoje ocupando boa parte dos postos da nossa diretoria, sempre presentes e colaborativas em todos os momentos da nossa gestão, com força e determinação, imprimindo muita qualidade a cada uma de nossas conquistas”, frisou ele.

Empreendedorismo como projeto de vida

O ponto alto da programação foi a palestra da empresária Chieko Aoki, presidente da rede Blue Tree Hotels. Aoki, cuja trajetória empresarial é das mais reconhecidas mundo afora no segmento hoteleiro, trouxe para reflexão o que chamou de onze lições aprendidas na vida empresarial, que representam os diferenciais que transformaram a rede Blue Tree em uma das maiores cadeias hoteleiras do país, caso de sucesso em excelência de serviços no setor.

A fala de Chieko Aoki, pontuada por questões como liderança pelo exemplo, empreendedorismo feminino, respeito, humildade, ousadia e capacidade de conquistar dos seus comandados o melhor de cada um e de perceber e criar oportunidades, deixou nos presentes vários aspectos para reflexão muito úteis para o dia a dia.

“Sinto-me feliz de participar deste Fórum tão impactante, compartilhando aspectos da minha trajetória que podem ajudar outras pessoas no desafio de empreender. Os insights que deixei são pontos para reflexão, não uma receita pronta e acabada e talvez o mais importante de tudo seja algo que praticamos na rede Blue Tree: não desenvolvemos pessoas, criamos condições para que elas deem o melhor de si e, assim, ajudem os nossos negócios a crescer de forma sustentável”, enfatizou a empresária.

Ao final da palestra Chieko Aoki recebeu, da ACM, a coletânea História do Comércio no Maranhão e flores ofertadas pela Luxo Natural.

Troféu Mulher Notável

O Fórum marcou o reconhecimento da ACM e do CME a quatro mulheres distinguidas com o Troféu Mulher Notável e flores.

A empresária Ana Maria Imbroisi, proprietária da Studio Modas, na categoria Empresarial, num reconhecimento à trajetória empresarial e ao sucesso obtido junto aos maranhenses, em um negócio familiar iniciado em 1982.

Já a delegada Kazumi Tanaka, coordenadora das Delegacias da Mulher no Maranhão, recebeu o troféu na categoria Setor Público, por seu trabalho em defesa e no combate à violência contra a mulher.

No âmbito Empresarial, foi também prestado um reconhecimento especial à criadora da Faculdade de Estudos Superiores do Maranhão (Fescemp) para a empresária Vera Lúcia Pavão, empreendimento já consolidado e um marco na geração de oportunidades e inclusão pela via do conhecimento.

Na categoria Responsabilidade Social, no que se tornou o momento mais emocionante do Fórum, o reconhecimento foi para o trabalho empreendido por Luzia de Fátima Lima, dirigente da Fundação Antônio Bruno, mãe do idealizador da obra social, que abriga pacientes em tratamento de câncer, com acolhimento e cuidados, verdadeira tradução do amor ao próximo.

Reunião de Trabalho

Com a participação da presidente do CNME, Neiva Kieling, após o encerramento do XVI Fórum da Mulher Empresária, foi realizada uma programação exclusiva para associadas das Associações Comerciais do Maranhão. Uma reunião de trabalho, com mais de 30 participantes, de São Luís e Imperatriz, para divulgação institucional do Conselho Nacional da Mulher Empresária – CNME, vinculado à estrutura da Confederação das Associações Comerciais do Brasil – CACB, seguida de jantar de networking.

Em sua fala às maranhenses, Neiva Kieling mostrou caminhos da organização da mulher empreendedora, destacando a necessidade de fortalecer as entidades associativas, de empoderamento e participação.

“Precisamos no preparar, ocupar espaços de forma qualificada, conquistar empoderamento, enfim, para fazer valer a nossa voz, os nossos anseios como empresárias e mulheres”, destacou ela.

O XVI Fórum da Mulher Empresária contou com o patrocínio da Rede Blue Tree e das Óticas Carol, com apoio dos seguintes empreendimentos: Acerolima, Água Mineral Lençóis Maranhense, Café do Ponto, Crisbell Locadora, Dinâmica Contabilidade, Dom Medicina Diagnóstica, Facial Farmácia de Manipulação, Fescemp, Luxo Natural, MD Papéis, Montenegro Express e Salão Must.