WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de antendimento ao Associado está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
Olá, como posso ajudar?

Buscar Fornecedor:

Entidades empresariais vão ouvir candidatos ao Governo do Maranhão

Entidades empresariais representativas do comércio, serviços, turismo, indústria e agricultura do Maranhão vão receber os postulantes ao governo estadual, no Encontro da Classe Empresarial com os Candidatos a Governador. O encontro acontece dia 4 de setembro, a partir das 16h, no Multicenter Negócios e Serviços Sebrae (Cohafuma). O evento será aberto ao público.

Na última quinta-feira (23), assessores dos candidatos Roseana Sarney, Flávio Dino, Roberto Rocha e Maura Jorge estiveram reunidos com os representantes das entidades empresariais para conhecer as regras do evento, que não terá característica de debates.

De acordo com a organização do Encontro, os quatro candidatos com maior índice de intenções de votos nas pesquisas eleitorais – em ordem definida por sorteio – serão recebidos separadamente durante 45 minutos para apresentar seus programas de governo e responder a questionamentos sobre temas prioritários para o desenvolvimento econômico e social maranhense.

Os candidatos participantes vão receber das entidades a Agenda para o Desenvolvimento do Maranhão 2019-2022, com propostas para a futura gestão. Ao final do encontro, vão e assinar um termo de compromisso em manter um diálogo permanente com a iniciativa privada.

O Encontro Empresarial com Candidatos é uma iniciativa da Associação Comercial do Maranhão (ACM), da Associação de Jovens Empresários (AJE-MA), da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), da Federação das Associações Empresariais do Maranhão (FAEM), da Federação do Comércio do Maranhão (FECOMÉRCIO), da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL), da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) e do Sebrae.

A cada eleição as entidades realizam edições do evento que tem o propósito de abrir espaço para a explanação de propostas dos candidatos e dar visibilidade às demandas específicas dos setores produtivos maranhenses aos futuros gestores, ressaltando a necessidade de um diálogo mais efetivo entre o poder público e a iniciativa privada na concretização de ações fomentadoras de desenvolvimento.