Aguarde...

Empresários e bancada federal garantem recursos para revitalização da Rua Grande

Lideranças e membros da Bancada Federal estiveram reunidos ontem (03) com o Presidente Temer, que garantiu recursos para continuidade da obra


Em ação conjunta, lideranças empresariais do estado e membros da Bancada Federal reuniram-se ontem (03/10) com o presidente Michel Temer reivindicando a liberação dos recursos para as obras de requalificação da Rua Grande. 
 
No encontro, o presidente garantiu o descontingenciamento de R$ 15 milhões para as obras viabilizadas com recursos do PAC Cidades Históricas, com execução a cargo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
 
Ainda durante o encontro, Michel Temer garantiu também que empenhará a emenda de bancada que aporta recursos para as outras obras do Iphan em 2018, o que irá manter as obras em execução.
 
Representando a ACM, o presidente Felipe Mussalém participou do encontro que contou com a presença de sete deputados federais (José Reinaldo, Rubens Jr, André Fufuca, Alberto Filho, Hildo Rocha, Pedro Fernandes e João Marcelo Sousa), do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, e de lideranças empresariais – Fábio Nahuz (representando o Sinduscon-MA e a Fiema), Fábio Ribeiro (CDL São Luís) e Socorro Noronha (FCDL).
 
“Com este compromisso do Presidente, damos um passo importante para concretizar uma obra que vai impulsionar a revitalização econômica e social do eixo de comércio da Rua Grande, o principal e mais tradicional eixo comercial da capital. A obra trará benefícios diretos para a cidade e para o comércio, mas também ao turismo e ao Centro Histórico, cuja dinâmica depende muito das atividades empresariais naquela região. Reconhecemos o engajamento da Bancada Federal nessa empreitada que trará benefícios para a cidade como um todo”, opina Felipe Mussalém
 
Engajamento
 
No mês passado, o coordenador da Bancada, deputado Rubens Júnior recebeu o presidente do Sinduscon-MA, Fábio Nahuz, que, em nome da Câmara de Dirigentes Logistas de São Luís (CDL), solicitou uma intervenção junto ao Iphan em favor da continuidade da obra.
 
Segundo Nahuz, o empresariado havia sido surpreendido com a notícia de contingenciamento de recursos federais aportados no PAC Cidades Históricas, o que acarretaria a suspensão das obras custeadas pelo programa, impactando a continuidade do Projeto de Requalificação Urbana da Rua Grande, uma das mais antigas aspirações do comércio lojista. 
 
Em seguida, o parlamentar esteve na CDL para detalhar os pleitos. A partir daí, num esforço de engajamento da Bancada, vieram outras ações como a reunião com a presidente Iphan, Kátia Bogéa e agora a reunião com o presidente Temer. 
Antes da reunião com o presidente, o grupo esteve com o ministro do Turismo, Marx Beltrão.



Listar notícias