Aguarde...

Visita Técnica a Açailândia

Mais um passo para a Cooperativa de Crédito de São Luís

O grupo de empresários que visitou Açailândia no último final de semana, nos dias 19 e 20 de outubro, teve uma certeza: que é possível implantar uma cooperativa de crédito em São Luís. A visita técnica reuniu representantes da Associação Comercial do Maranhão, Associação dos Jovens Empresários do Maranhão, Associação Maranhense de Supermercados, Associação Maranhense de Distribuidores e Atacadistas e Câmara dos Dirigentes Lojistas do Maranhão.

O grupo foi a Açailândia com o objetivo de conhecer a cooperativa de crédito local, que segue o padrão nacional do SICOOB – Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil. Na oportunidade também foi assinada a documentação para a abertura da conta que receberá os investimentos da cooperativa de crédito de São Luís.

O próximo passo agora é uma nova reunião, já marcada para o início de novembro, objetivando a tomada de decisões que implicarão diretamente no prosseguimento dos processos iniciais de criação da Cooperativa de Crédito de São Luís, previstos para um prazo de 12 meses. Os empresários que quiserem podem ser sócios da cooperativa com investimentos que vão de R$ 2 mil a R$ 50 mil. Os primeiros a investirem serão os sócios fundadores, os demais farão parte da sociedade, também participando dos lucros anuais da cooperativa.

Para o presidente da Associação Comercial do Maranhão, o projeto em São Luís é totalmente viável. “Logicamente que será realizado um estudo de mercado para a implantação da Cooperativa, isso estará a cargo do SEBRAE. Tudo que faremos será planejado e bem estudado”, destacou.

Felipe Mussalém, presidente da AJE-MA relatou que será uma oportunidade de incentivo ao pequeno empresário, que precisa de estímulo para abrir a sua empresa. João Sampaio, da Amasp, reiterou o apoio da entidade na montagem da cooperativa de crédito em São Luís, opinião compartilhada pela Amda e CDL, através dos diretores João Januário e Silvio Soares.

Açailândia

A Credima – Cooperativa de Crédito da Região Pré-Amazônica, localizada em Açailândia, foi fundada em 19 de abril de 2008, através do empenho dos empresários locais e do SEBRAE. O capital inicial para que a cooperativa fosse aberta em Açailândia foi de R$ 300 mil. Tendo um perfil rural, a Credima atende a vários municípios da região facilitando a liberação de crédito para incentivo ao empresário local.

De acordo com o presidente da Cooperativa, Luís Coelho, no Nordeste são 35 mil associados, em 36 agências, com 134 milhões de ativos e 94 milhões em operações de crédito. “No Brasil são dois milhões de associados, em 1949 agências, com R$ 28 bilhões de ativos e R$ 16 bilhões em operações de crédito”, afirmou.

A agência de Açailândia segue o padrão SICOOB em estrutura, atendimento e layoutização. Neste ano de 2012 a Credima conta com 1982 associados,um lucro de R$ 836 mil e uma equipe de 23 colaboradores, sendo todos associados da cooperativa.

 

Entidades Locais

Além de conhecer o funcionamento da Credima, o grupo de representantes das entidades de São Luís também conheceu o funcionamento das entidades de classe local de Açailândia. As entidades CDL, ACM e Sindicato do Comércio funcionam na mesma sede, chamada Centro Empresarial. Essa união favoreceu a criação e fortalecimento da Cooperativa de Crédito da cidade.

No encerramento da visita, os líderes empresariais de Açailândia e dirigentes das entidades ligadas ao comércio receberam a comitiva de São Luís para tirar dúvidas sobre o funcionamento da cooperativa, tendo como foco as principais dificuldades na hora de instalar a agência e captar os associados.

De acordo com José Flávio Linhares, representante do SEBRAE que acompanha a cooperativa de Açailânda, São Luís enquadra-se em um perfil diferente, tendo que ser feita uma análise sob vários aspectos para que o projeto seja operacionalizado. “O SEBRAE será responsável pelo estudo que mostrar o melhor caminho parainstalação da cooperativa de crédito em São Luís”, destacou.

 

 


» Galeria de imagens



Listar galerias